O que é o Casa Verde e Amarela do governo federal.

Por Daniel Dantas – Jornal Roteiro Imobiliário/Consultor imobiliário – CRECI MG 0046352-F Tel: (35) 9999-75877 – whatsapp.

O programa Casa Verde e Amarela do governo federal, criado há 12 anos com o nome Minha Casa Minha Vida para financiar imóveis baixa renda.

Últimas unidades do Portal Vila das Andorinhas – Daniel Dantas – Tel: (35) 9999-75877

Criado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT-SP) para oferecer diminuir o déficit habitacional no país com financiamento de imóveis a famílias de baixa renda com juros mais baixos do que os praticados pelo mercado e ainda dar subsídios (descontos), ajudando assim os que ganham menos terem condições de comprar o seu imóvel pelo programa. Sofreu algumas alterações em 2021 pelo presidente Bolsonaro, onde recebeu algumas alterações para melhor, tornando o programa Casa Verde e Amarela mais acessível onde também sofreu mudança no nome, passando a se chamar Casa Verde e Amarela.

O que é o programa Casa Verde e Amarela

É um programa do governo federal que tem como principal objetivo diminuir a falta de moradias no pais oferecendo financiamento da casa própria com recursos do FGTS, com juros baixos, subsídios em forma de descontos para pessoas e famílias de baixa renda possam adquirir seu imóvel e sair do aluguel com parcelas que cabem no orçamento dessas pessoas e famílias;

Definição de baixa renda para o Casa Verde e Amarela

Segundo as normas do programa Casa Verde e Amarela é considerada família de baixa renda pessoas ou famílias que ganham até R$ 4 mil reais mensais.

Como fazer para ter acesso ao credito Casa Verde Verde e Amarela

Existem dois caminhos que você pode percorrer, sendo um deles se dirigir até a Caixa Econômica Federal e se candidatar ao financiamento, na ocasião o gerente da Caixa vai solicitar lhe dar algumas orientações para que você possa ter seu nome inscrito no financiamento, no sentido de identificar qual é o seu perfil e condições de pagamento para ver qual é o valor do dinheiro que poderá ser liberado para você.

O segundo caminho é procurando um corretor de imóveis ou uma Construtora que esteja lançando imóveis em sua cidade pelo programa Casa Verde e Amarela.

Como saber qual é o valor que a Caixa pode liberar

É feito uma análise de sua renda mensal (quanto você ganha por mês), só então a Caixa identifica o quanto pode pagar mensalmente.

Outros critérios são analisados nesse estudo

Com a renda pode ser composta por mais de uma pessoa da família, então a Caixa analisa todo o ganha da família, a idade das pessoas que irão compor a renda, sendo o titular o mais velho, pois todo o cálculo é feito em nome dele, pois a idade, a renda familiar é quem defini qual será o valor do seu financiamento (dinheiro) liberado.

Quanto você vai pagar mensalmente do valor financiado e por quanto tempo

Uma coisa que muito importante dizer que a Caixa só libera recursos(dinheiro) para pessoas com até 86 anos, logo, a idade e a renda quem definem o valor do dinheiro a ser liberado, de onde se tira o valor das prestações e o quanto você vai pagar mensalmente.

Valor da parcela

Independente do valor liberado você vai pagar apenas 30% do valor declarado, do valor que você disse e comprovou que ganha mensalmente.

Quem pode financiar pelo Casa Verde e Amarela

Qualquer pessoa, brasileira, nata ou com dupla cidadania residente no país, quem tenha ao menos 3 anos de trabalho pelo regime de CLT ( Carteira de Trabalho Registrado), que esteja ao menos há 1 mês trabalhando registrada.

Quais os documentos necessários para se inscrever no programa Casa Verde e Amarela

  • Carteira profissional ( física ou digital);
  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • 3 últimos holerites;
  • Estratos bancários;
  • Certidão de nascimento dos filhos menores de idade ou que tenham menos de 24 anos e estão estudando;
  • Certidão de nascimento ou de casamento das pessoas maiores que irão entrar na proposta.

Obs.: Os documentos e comprovantes têm que ser de todas as pessoas que irão compor a renda.

Faça isso e tenha o seu crédito aprovado em financiamento Casa Verde e Amarela.

Apartamento em varginha

Não basta ter apenas o nome limpo para ter o crédito de financiamento aprovado no programa Casa Verde e Amarela.

BRX em Varginha

Por Daniel Dantas/Guia Comercial de Varginha

O programa Casa Verde e Amarela é o mesmo Minha Casa Minha Vida, só que com algumas melhoras, entretanto não se iluda: é melhor, não mais burro, por isso não acredite que o seu financiamento será facilmente aprovado. Para que isso acontece você precisa ter como pagar, ou melhor, precisa provar que tenha como pagar. As provas não são quaisquer provas, pois, cá entre nós, se você precisa dizer que é, então não é. Entenda como funciona o programa e, como ter o seu crédito aprovado.

Programa Casa Verde e Amarela

Criado em 2008 pelo então presidente Lula (PT-SP) com o objetivo de reduzir a falta moradias populares no pais. Pois o programa passou a financiar casas ou apartamentos para famílias de baixa renda em todo país.

Agora tinha uma política habitacional no país, o governo havia criado uma linha de crédito para pessoas de baixa renda, más faltava esse tipo de moradias, então as grandes construtoras aderiram ao programa e começaram a construir casas que fosse de encontro as necessidades do mercado, dentro das faixas de renda proposto pelo governo, diminuiu, porém, nunca deixou de ser alto o déficit habitacional no país.

Em 14 anos de programa pouco mais de 6 milhões foram construídas, más, o número que faltava para a conta fechar era grande, em torno de 7,8 milhões de moradias.

Um dos problemas que apenas o FGTS ( Fundo de Garantia por Tempo de Serviços) era o financiador do programa, só que os recursos eram poucos, pouco mais de R$90 bilhões de reais.

Isso gerava um freio no setor que tinha falta de recursos, pois o congresso tinha que votar no ano anterior o orçamento da união e, os recursos que seriam destinados para essa finalidade precisam ser apontados para o ano seguinte, foi então que o presidente Jair Bolsonaro incrementou algumas mudanças, inclusive no nome do programa.

Mudou de Minha Casa Minha Vida para Casa Verde e Amarela, porém a maior mudança veio na origem do dinheiro para o financiamento, mantendo o FGTS e, buscando os recursos da poupança com isso o programa passou a contar com mais de R$900 bilhões de reais para financiar o programa.

Outras mudança também surgiram, tal como faixas de renda, tabela de financiamento, limite máximo para liberação de recursos pelo programa Casa Verde e Amarela.

Existem duas tabelas de calculo sobre os juros do financiamento, sendo uma a SAC (Sistema Amortização Continuada) e a Price, que tem um sistema constante.

No Caso da tabela SAC financia imóveis para pessoas com renda até R$4.000,00 e, tabela Price com financiamento para famílias com renda até R$7 mil reais.

Outra mudança importante também foi que o limite total de financiamento passou de R$500 mil para até R$1,5 milhão de reais, sem contar que as pessoas podem ter quantas casas quiserem, desde que a parcela do financiamento não comprometa mais que 30% do rendimento delas.

Como conseguir ter o financiamento aprovado

Bom, como eu disse o programa mudou, injetaram mais recursos para financiar, entretanto você precisa provar que vai pagar, que tem como pagar e, para isso não basta dizer, precisa provar com dados incontestáveis que você tem, blz?

Nome limpo

Muita gente pensa que o fato do nome ter saído do serasa/spc significa que o nome é limpo, não é bem assim, portanto aqui vai uma dica: procure pelo seu nome no bacen, Banco central, pois é para lá que mandam o seu nome quando você não paga uma instituição financeira e, aceita fazer um acordo para tirar o nome do serasa/spc, eles tiraram, aceitaram o que você quis pagar, só que sobrou um resíduo e, se quiser comprar um imóvel ou carro, moto, etc., financiado possa ser que vai precisar da uma passadinha lá e acertar o tal resíduo, falou?

Comprovação de renda

Se você, sua esposa ou as pessoas com quem você se uniu para compor renda e fazer o financiamento da casa própria trabalham com carteira assinada, recebem via banco ou tem holherite, beleza, é fácil provar, basta ajudar as carteiras de trabalho, holhrites de pagamento, tudo bem, se estiver tudo correto na análise do gerente da caixa, sem problemas, porém, o grande problema é quando a sua renda não é suficiente e o corretor diz pra você vamos ter que comprovar que você tem uma renda variável, aquela extra oficial.

É nesses casos que as coisas complicam, não porque o gerente não quer te liberar, más, sabe como é né? Ele veio do mesmo local que você, tem origens e princípios iguais aos seus, sabe como ninguém das fraquezas da carne e, sabem também que muitas vezes você é levado a fazer o que não queria, pode ter sido influenciado pelo corretor, então, vem aqueles documentos, uns, tudo bem, outros nem tanto, né?

Seja aprovado

Se você realmente quer ser aprovado no financiamento você precisa seguir () passos;

  • Nome limpo (SPC/SERASA);
  • Relacionamento bancário (Conta e produtos na Caixa ou outro banco que for pedir financiamento);
  • Renda formal ou informal, não importa, junte todos os comprovantes de entrada e saída de dinheiro, exemplo: pois gasolina, nota ou cupom fiscal; paga aluguel? Recibo; conta de luz, água, prestações, mercados ou quaisquer outros gastos, documente e ajunte, pois, se as saídas de dinheiro forem menores que as entradas, então você tem um superávit (reserva), poupança, etc., procure ter no banco nos últimos 6 meses pelo menos o valor mensal da prestação que vai ter que pagar, entende?
  • Não caia na besteira de comprometer sua renda com loja de departamentos, mercados ou ou veículos, pois, se o que ganha não for suficientemente superior a 30% do seu salário, cabe ao gerente colocar um freio nesse seu consumismo e, negar o financiamento da casa própria;
  • Uma dica que vale ouro: quem quer sair do aluguel precisa aceitar mudar e, isso significa até mesmo mudar de região, pois, possa ser que a sua renda não dê para morar aonde quer ou gostaria, porém, dá para morar em outro bairro, quem sabe, entendeu né?

Vou contar uma história pra você, hoje eu moro no interior de Minas Geras, más, passei minha vida em São Paulo, lá em em Santo Amaro e, lá eu conheci um rapaz, vendedor de alimentos naturais e nós sempre conversávamos sobre diversos assuntos, inclusive moradia, educação, etc.

Um dia ele disse que tinha um sonho o de ser advogado, só que só iria se fosse para fazer bacharelato na USP ( Universidade de São Paulo), bacana, né? Então, ele sempre dizia mal das outras universidades, faculdades e, só iria ser advogado se fosse na USP.

O problema que lá precisava passar no vestibular, um dos mais disputados do país e, isso ele não estava preparado.

Nessas idas e vinda conheci um pedreiro, 40 anos com um sonho, queria ser advogado, só que sequer tinha concluído o ensino fundamental.

Só que ele queria ser advogado, não importava aonde, foi quando entrou para o EJA, concluindo o ensino funamental, depois, Eja, concluiu o ensino médio, passou em uma faculdade particular, fez estádio no CIC (Centro Integrado da Cidadania), concluiu o curso de direito na UNIP, prestou exame para a Ordem e foi aprovado, tudo bem que não foi na USP, más, e dai, hoje ele é advogado e o outro meu amigo ainda está empurrando carrinho de alimentos naturais na região do Capão Redondo, não passou no vestibular, não se formou, não é bacharel em direito e, não é advogado, entendeu a moral da história?

Passe isso para a sua casa própria, tenha a casa onde sua renda, suas posses permitem, depois, com mais tempo, mais folga, tenha o seu imóvel em um local ideal, assim, quem sabe você até consegue comprar o imóvel de seus sonhos.

Quer saber mais sobre financiamento da casa própria, como ter o seu financiamento aprovado fale comigo, posso ajudar, presto consultoria em todo país, meu telefone:(35)9 9997 5877 – Consultor imobiliário e corretor de imóveis -CRECI MG 0046362-F